Por onde começar?

Padrão

Lembro que odiava esse “por onde começar” naqueles depoimentos do falecido orkut, mas não tenho como usar outra frase.

Num resumão: mudamos de cidade em 30 de janeiro. De Campinas para Bragança, a terra da linguiça e onde acabei me viciando em doces. Filho foi prá uma escola em período integral e passou perrengue. Várias gripes, gente idiota, um princípio de pneumonia, uma suspeita de autismo, idas sem fim atrás de um diagnóstico, criança cansada, triste, frustrada. 

Eu fui para o trabalho em período integral, o que foi um novo parto, já que me separar do meu amor maior por tantas horas não estava mais nos planos. Me frustrei também, chorei, pensei e repensei, me isolei – em mim – principalmente. Trabalhei, enrolei, tive medo de não dar conta, descontei na comida, descontei no marido e tive a constatação de que sou muito forte hoje: meu filho me faz forte.

Marido também está cansado e – nesses períodos de grandes mudanças e grandes angústias – precisamos pisar em ovos, tomar cuidado com o amor, prá o amor não quebrar e nem estragar.

Estamos construindo algo maior e melhor prá nossas vidas…tenho certeza. 

Depois de 4 meses já deu prá desacelerar. Reduzi a jornada de trabalho e passo mais tempo com o pequeno, que também está feliz. Aos poucos vamos ajustar tudo que saiu fora do lugar e chamar essa cidade de lar.

 

Ah… Recomeçar a dieta, né. Já que o peso está em 66 e a meta é 51. O objetivo é conseguir isso até a data do meu niver. Quero chegar aos 33 renovada. Pra isso preciso de 176 dias bem focados – a partir de agora até 11/12.

Tenho 25 semanas prá alcançar o objetivo. 15 quilos prá jogar fora. 600 gramas por semana para ter sucesso.

Start!

( x ) 66

(    ) 64

(    ) 62

(    ) 60

(    ) 58

(    ) 56

(    ) 54

(    ) 52

(    ) 51 !!!!

Anúncios

Seguindo…

Padrão

Não ando muito orgulhosa de mim mesma não…
Essa semana foi tão, tão corrida que eu relaxei na dieta. Não sei se engordei, mas relaxei…não comi direito, cedi à tentações.

Em compensação adiantei TANTA coisa de trabalho e projetos pessoais que estou um tantinho feliz. 

A semana foi estressante: volta dos sogros que estavam viajando, volta ao meu lar doce lar, e dúvidas, muitas dúvidas…Talvez tenhamos que mudar de cidade e muito de rotina! 

Estou com a mensalidade do guri paga, matrícula também e não posso nem comprar uniforme e nem lista de materiais porque nosso futuro tá muito incerto! Isso me fez comer chocolate hoje (desculpa de sem vergonha, né?)

 

Ó Deus! Ilumina nossos passos como sempre… Amém!

Eu voltei…e agora é um desafio!

Padrão

Olá 2013! Ano Novo, dieta nova! ahaha

Fazia tempo que não aparecia aqui, esse é mais um diário meu, então sem culpa! Ninguém sentiu minha falta mesmo! haha

Começo esse 2013 com as energias renovadas, querendo fazer deste ano realmente um ano de mudanças.

Voltar a escrever aqui é apenas mais uma das minhas metas e apostas para esse ano. E pretendo cumprir!

E hoje vim aqui só prá registrar um sistema de premiação a mim mesma. Como gosto de apostas, acho que isso vai funcionar. Prá esse ano quero ficar mais magra no corpinho e mais gorda de conta bancária! Estou de regime financeiro também…preciso aprender a gastar (gasto por prazer, mais que por necessidade). 

Então, assim que for alcançando minhas metas de balança, me premiarei! Vamos lá!

67 (x)

65 (x)

63 (  )

61 (  ) – comprar minha própria balança digital (a minha é mecânica e já disse que estou de regime financeiro também. Normalmente iria na loja e compraria e tchuns, mas tenho que aprender a valorizar mais o dinheiro!)

59 (  ) – roupa nova

57 (  ) – …

55 (  )

53 (  )

51 (  )

 

Ah…como começo 2013 já dois quilos mais magra, também decidi pesar 51 e não 53! haha

 

 

segue a vida (assim em caixa baixa mesmo)

Padrão

Hoje é terça…Sigo forte desde ontem no regime…Domingo não deu, saí prá almoçar com a família e extrapolei, mas fiz o possível prá me conter e ainda tomei um lipiblock. 
O que não anda prestando mesmo é a cabeça. Sou corroída por diversos pensamentos…lataria se conserta com durepoxi??? Nunca fica bom, né?! 
Quero na próxima vida (quem me dera acreditar nisso de verdade) vir homem. Ou vir planta. Ou nem vir…Ficar lá de cima ou lá de baixo espiando.

Minha vida faz sentido sim. Ele é pequeno e nasceu dentro de mim. Hoje ele é tudo. Talvez por ser o único que não me magoa, talvez por já nos conhecermos quem sabe de outra vida…Imagem

Nota

Era uma vez uma mulher decidida. Ela dormiu com uma mágoa no peito e acordou com uma idéia na cabeça. Logo cedo encontrou com seu novo médico e saiu de lá com uma receita amiga, uma lista pode-não pode comer e um sonho: voltar a ser sexy. Ter a cuca sexy. Voltar a se amar não seria nada mau.

E amanhã, que nem é segunda-feira, ela começa a emagrecer 10 quilos. Começa a andar em direção a sua auto estima  (que saiu correndo antes e deve ser magra e feliz!)

Hoje essa mulher resolveu despedir-se da esfiha e do pão branco e jantará um sanduíche…

Era uma vez uma…

O começo.

Padrão

Pois é. Acabei de começar outra jornada. Dessa vez em busca de satisfação pessoal. Há algum tempo estou vivendo meio que para os outros e não – isso não me desagradava. Só não me agradava totalmente.

Difícil explicar o turbilhão que passa por mim nesse exato momento. Na verdade o turbilhão já passou. Sou agora o resto…na areia. O pedaço que a onda trouxe e atirou violentamente no solo. Antes? Antes eu boiava num mar azul e deixava que a onda me levasse.

Agora? Agora vou me refazer, me levantar e procurar abrigo em mim mesma. Esse corpo deve ser meu porto seguro. 

Quem sou eu? Não importa. A partir de hoje só posso dizer que tentarei ser melhor.

Metas a curto e médio prazo: me encontrar em algo, emagrecer, recuperar a autoestima e também uns amigos. 

Peso atual

67 (x)

65 (  )

63 (  )

61 (  )

59 (  )

57 (  )

55 (  )

53 (  )